Notícias

Tigre termina turno com derrota no Oeste

O Criciúma terminou sua participação no primeiro turno do catarinense em dívida com o torcedor. Com a derrota diante da Chapecoense, por 2 a 0, o Tigre estacionou nos 13 pontos e vai terminar a primeira etapa da competição em uma posição intermediária. Com o rendimento em queda e com o time repleto de problemas físicos, o técnico Devid vai ter que reorganizar a casa e tentar reencontrar o equilíbrio necessário para renascer no segundo turno e seguir sonhando com o título Estadual.

O próximo desafio é justamente contra o Fluminense. Em casa, quinta-feira, pela Copa do Brasil. Duelo de gente grande. Jogo para o time mostrar ao desacreditado e distante torcedor que 2017  ainda pode ter o final diferente das últimas temporadas.

Contra a Chape, que também entrou em campo com um mistão, o Criciúma seguiu tocando de lado, não marcou e fez aquele joguinho que só agrada o adversário. O Tigre até teve uma boa chance com Hélio Paraíba. Mas quando o cruzamento veio, feito por Carlos Eduardo, Paraíba foi Paraíba.

Já a Chapecoense, usando a cabeça, marcou duas vezes. Primeiro com Túlio de Mello. Na etapa final, outro e cabeça. O gol de Luiz Otávio fechou o marcador e confirmou a condição do Criciúma de defesa peneira do campeonato. Nos últimos três jogos do Estadual nove gols sofridos. Três do Tubarão, quatro do Metropolitano e dois da Chapecoense.

1 Comentário

1 Comentário

  1. Marco

    6 de março de 2017 at 09:21

    A verdade é que não temos time e nem elenco. Tem muitos jogadores ai que seriam reserva nos amadores da região. Só de ver aquela troca de passes sem objetivos entre laterais, zagueiros e meio e finalizando de volta pro goleiro já encheu o saco. Nada contra o esquema de jogo do Deivid, mas pensa, temos jogadores qualificados pra fazer essa saída de bola? Não!!! Então na insistência vamos tomar sacos e sacos de gols. Jogar desta forma com essa cambada de pereba já vamos largar perdendo de 1 x 0, infelizmente! A verdade é que a deficiência dentro e fora do campo. FORA Dal Festança!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

Topo