RÁDIO DIFUSORA AM 910

NOTíCIAS

/notícias

Quarta Linha recebe varredura contra a Dengue

Assessoria de Imprensa PMC
0

Não foram encontrados novos focos do Aedes aegypti no bairro Quarta Linha, em Criciúma. Após o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), através do Programa de Combate à Dengue, capturar larvas do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus na última segunda-feira (13), uma varredura em mais de 150 imóveis foi concluída nesta quinta-feira (16).

A varredura de 300 metros nas proximidades onde os focos foram registrados, em empresas localizadas na Rodovia Luiz Rosso, abrangeu vistorias em residências, estabelecimentos comerciais e terrenos baldios. “Foi uma varredura geral, como recomenda o Ministério da Saúde. Verificamos todos os lugares que possam acumular água, como calhas, caixa d’água e pneus. Estivemos em postos de saúde para colocar informativos, além de orientar os moradores”, relata o supervisor municipal do Programa de Combate à Dengue, Luis Fernando Santa Helena.

O CCZ possui mais de 670 armadilhas distribuídas em aproximadamente 180 pontos estratégicos de Criciúma. Conforme o coordenador municipal do Programa de Combate à Dengue, Robson Teller, somente no bairro Quarta Linha, 30 armadilhas foram instaladas. “Ainda estamos ampliando mais a rede. Os locais são verificados semanalmente por 14 agentes de combate a endemias”, explica.

Uma nova varredura será realizada em dois meses. “É importante que essas verificações sejam feitas para que o vetor não entre na cidade. Existem muitas armadilhas em locais que o mosquito possa entrar, como transportadoras e lugares próximos ao limite de Criciúma”, comenta a secretária municipal de Saúde, Francielle Lazzarin Gava.

Formulário para Contato

Deixe seu comentário

* Preenchimento obrigatório.